A Fire TV inclui, na sua oferta, uma seleção de jogos da Disney, Ubisoft e EA, entre outros produtores, mas não pretende concorrer com as consolas
Vote
Televisão
Amazon lança Fire TV e entra na “guerra” pela sala de estar
04 de abril de 2014



A Amazon lançou, esta semana, a Fire TV, uma set-top box que permite à empresa norte-americana entrar na “guerra” pela sala de estar, em que tem como oponentes a Apple TV e o Chromecast, da Google, entre outros.

Com um custo de 99 dólares, o dispositivo de streaming é descrito pelo site Gigaom como “três vezes mais poderoso do que os concorrentes”. A apresentação da Fire TV ficou a cargo de Peter Larsen, vice-presidente da divisão Kindle, que destacou a funcionalidade de pesquisa por voz e o preço mais baixo do que o dos serviços Netflix ou Pandora como fatores de diferenciação no mercado de set-top boxes.

Além da set-top box, a Fire TV inclui um comando remoto com microfone, para a funcionalidade de pesquisa por voz, e várias apps, como o Hulu Plus, Netflix, Quello, NBA GameTime, Plex, Vevo, TED e MLB.tv. O aparelho integra ainda os serviços da Amazon, como a Amazon Cloud Drive ou o FreeTime.

A Fire TV inclui ainda, na sua oferta, uma seleção de jogos da Disney, da Ubisoft e da EA, mas não pretende concorrer com as consolas. O objetivo é conquistar os jogadores casuais e adeptos do mobile. A Amazon disponibiliza um comando de jogos, vendido separadamente, e a opção multijogador, que permite a interação com tablets e smartphones.

Pete Wallace, head of performance da Total Media, acredita que a Fire TV vai permitir à Amazon aumentar o volume da sua receita publicitária, com base em tês fatores-chave – a exploração de dados, a disponibilização de funcionalidades multicanal e a criação de novas oportunidades para as marcas: “Dispor de dados que permitem compreender comportamentos de compra e hábitos de consumo de televisão e de conteúdo online é uma vantagem incrivelmente poderosa. A Amazon já detinha dados com abundância e vai continuar a crescer, através da Fire TV. Se souber maximizar a utilização destes dados, a Amazon vai ser incrivelmente apelativa para os anunciantes.”

O atual enfoque das marcas nas estratégias multicanal é uma tendência que a Amazon pode capitalizar através da Fire TV. Outra grande vantagem é o carácter de entretenimento, que permite, aos anunciantes que queiram estar presentes na plataforma, a implementação de formatos publicitários mais criativos.

Fiona Keenan, strategic insight director da Kantar Worldpanel, destaca ainda a grande base de consumidores de filmes e conteúdo televisivo de que a Amazon já dispõe: “8,5 milhões de pessoas compraram um DVD ou Blu-ray através da Amazon no ano passado. E o serviço Amazon Prime Instant Video tem 1,9 milhões de utilizadores ativos. Estes dois grupos representam uma enorme oportunidade para a Fire TV.”
Comentários
Comente este artigo
Regras de Comentários
Agradecemos todos os comentários já que reforçam a qualidade do portal.
Pedimos que respeitem o código editorial, não utilizando linguagem que viole a lei ou a integridade dos demais.
O seu IP ficará na nossa base de dados sem que seja divulgado.
Home
MadeBy
Legislação
GateScope
mgate
Simulador
MissGate
WeeklyTv
Perfis
Notícias
Artigos
Eventos
Opinião
Publicações
TvGate
RadioGate
PressGate
OutGate
CineGate
APAP
DigitalGate
ICAP
APCT
APODEMO
Marktest
Obercom
API
APMP
GMCS
Criativos
APAN
APPM
ACEPI
MEDIAFONE